Polícia confirma que Naya Rivera morreu por afogamento acidental

Publicado em 14/07/20 19:00

O médico legista do condado de Ventura, na Califórnia (EUA), confirmou que Naya Rivera, de "Glee", morreu por afogamento acidental. O corpo recuperado ontem no lago Piru foi confirmado como sendo da atriz após exame da arcada dentária, e uma autópsia completa foi realizada hoje pela manhã, segundo as autoridades.

Naya, que ficou mais conhecida por viver Santana Lopez na série, morreu durante um passeio de barco com seu filho, Josey, de quatro anos. O menino disse à polícia que viu a mãe desaparecer debaixo d'água.

"Os resultados da autópsia são consistentes com um afogamento e a condição do corpo é compatível com o tempo em que ela permaneceu submersa", disse o médico legista, em comunicado.

A autópsia não encontrou "lesões traumáticas ou processos de doenças" e nenhuma indicação da presença de drogas ou álcool no sangue. As amostras foram submetidas a testes toxicológicos.

Ontem, o Departamento de Policia de Ventura disse, na coletiva em que anunciou a morte de Naya Rivera, que acredita que a atriz conseguiu socorrer o filho, mas não teve força suficiente para se salvar e acabou morrendo afogada.

Segundo as autoridades, a correnteza estava muito forte no dia em que Naya desapareceu, o que deve ter contribuído para seu afogamento. O xerife afirmou ainda que o barco não estava ancorado quando ela foi nadar com o filho.

Ainda de acordo com Ayub, mãe e filho nadaram juntos no lago, e Naya conseguiu colocar a criança de volta no barco em que estavam, mas não pôde se salvar.

"Foi durante esse período que o garoto descreveu que a mãe o ajudou. Ele disse aos investigadores que olhou para trás [ao subir no barco] e a viu desaparecer na água. Acreditamos que ela reuniu energia suficiente para colocar seu filho de volta no barco, mas não conseguiu se salvar", disse o xerife.

Josey, que agora está sob os cuidados do pai, Ryan Dorsey, ex-marido da atriz e também ator, foi encontrado dormindo e sozinho no barco enquanto usava um colete salva-vidas. Um colete salva-vidas para adultos também foi encontrado a bordo do barco, que era alugado.

Após as buscas iniciais, as autoridades passaram a tratar o caso como um provável afogamento, e chegaram a dizer que havia a possibilidade de o corpo nunca ser encontrado.

Fonte: UOL Cinemas // UOL