Alejandro Jodorowsky diz que trailer de Duna é bem feito, mas previsível

Publicado em 15/09/20 23:00

Dias após a nova versão cinematográfica de Duna ganhar seu primeiro trailer, Alejandro Jodorowsky, diretor da lendária adaptação cancelada dos anos 1970, revelou suas impressões em entrevista à revista francesa Premiere. Apesar de afirmar que a prévia do longa de Denis Villeneuve é “muito bem feita”, o cineasta não se mostrou particularmente impressionado com o que viu. “Dá pra ver que é um cinema industrial”.

Não tem surpresas. A forma é idêntica ao que é feito o tempo todo”, continuou Jodorowsky, dizendo ainda que “a iluminação, as atuações, tudo é previsível”. Ainda assim, o diretor disse que torce que a nova versão seja “um grande sucesso”.

A adaptação de Duna planejada por Jodorowsky contava com nomes curiosos no elenco, como Mick Jagger, Orson Welles e Salvador Dalí, além de trilha sonora composta pela banda Pink Floyd. Recentemente, foram divulgadas coloridas artes conceituais do longa assinadas por Moebiusconfira. Embora a visão do cineasta nunca tenha chegado aos cinemas por conta de problemas financeiros, a história de Paul Atreides foi levada às telonas por David Lynch em 1984. O canal americano SyFy também produziu uma minissérie inspirada em Duna em 2000, com Alec Newman no papel principal.

Na nova adaptação de Duna, Timothée Chalamet será o protagonista Paul Atreides, cuja família aceita controlar o planeta-deserto Arrakis, produtor de um recurso valioso e disputado por diversas famílias nobres. Ele é forçado a fugir para o deserto - com a ajuda de sua mãe - e se junta a tribos nômades, eventualmente liderando-as por conta de suas habilidades mentais avançadas. Dave Bautista será Rabban, sobrinho sádico de um barão que comanda Arrakis e também é chamado de A Besta.

A estreia está prevista para 17 de dezembro de 2020 e uma sequência já está em produção.

O livro é conhecido como uma das obras mais importantes e complexas de ficção científica de todos dos tempos. No Brasil, os livros da franquia Duna são publicados pela Editora Aleph.

Fonte: Omelete // Nicolaos Garófalo